fbpx

Blog UCEM

Posts do Grupo Mera sobre Um Curso em Milagres

A escolha por ouvir o Espírito Santo

O ego não pode se opor às leis de Deus assim como tu também não podes, mas pode interpretá-las de acordo com o que quer, assim como tu. Essa é a razão pela qual a questão “O que é que tu queres?” tem que ser respondida. Tu a estás respondendo a cada minuto e a cada segundo, e cada momento de decisão é um julgamento que pode ser tudo, menos sem efeito.  Seus efeitos seguir-se-ão automaticamente até que a decisão seja mudada. Lembra-te, porém, de que as alternativas em si são inalteráveis. O Espírito Santo, como o ego, é uma decisão.  Juntos constituem todas as alternativas que a mente pode aceitar e obedecer. O Espírito Santo e o ego são as únicas escolhas abertas para ti. (T-5.V.6:1-8)

 

Um Curso em Milagres simplifica muito nossa vida. Ele sempre aponta para a questão de que temos somente duas escolhas diante de todas as situações com as quais nos defrontamos em nosso dia a dia.

Quando começamos a estudar e colocar esses ensinamentos em prática, isso parece muito difícil ou confuso. A pergunta a ser feita e respondida é sempre essa: o que queremos que resulte numa determinada situação? (“O que é que tu queres?”) Nossa tendência é sempre acharmos a resposta, a solução para as questões daqui, do mundo das formas.

Por exemplo, suponhamos que estejamos precisando de dinheiro. Ao fazermos essa pergunta, a resposta costuma ser “eu quero/preciso de uma maneira de obter dinheiro para esta ou aquela causa, nobre ou não.” Mas, embora essa seja uma necessidade urgente e justa, quando aquietamos a mente e lembramos de pedir ajuda ao Espírito Santo, podemos nos lembrar de que nossa “meta” deveria ser a paz.

A escolha por ouvir o Espírito Santo vai significar uma aceitação ampla: de que nenhuma situação em que nos encontramos nos foi imposta ou aconteceu sem algum propósito, e também de que estamos no lugar certo e no momento certo para aprender nossas lições de perdão. Após aceitarmos, pelo menos por frações de segundos tudo isso, a próxima etapa deve acontecer: lembramo-nos de que o que realmente queremos é ter uma mente em paz.

Pedir para estarmos em paz independentemente do que possa acontecer em qualquer situação é “encurtar” o caminho para a resolução. Mas isso necessariamente implica abrirmos mão de acharmos que sabemos o que é melhor para nós.

Dessa maneira, ainda que continuemos tentando obter o dinheiro, isso não acontecerá mais de forma desesperada e, num estado de paz, sempre conseguimos ver "além" das situações em si mesmas.

É importante manter em mente que todas as coisas e situações neste mundo de formas podem ser usadas pelo Espírito Santo para nos ajudar a voltar para Casa em Deus.

Grupo Mera

 

O perdão tem que ser praticado
O aprendiz feliz

Comentários

 
Nenhum comentário ainda
Already Registered? Login Here
Guest
Terça, 21 Setembro 2021
Powered by EasyBlog for Joomla!