fbpx

Blog UCEM

Posts do Grupo Mera sobre Um Curso em Milagres

Queremos a paz ou o conflito?

Todos buscam aquilo que lhes trará alegria conforme a definem. Não é o objetivo, como tal, que varia. Mas é a forma como o objetivo é visto que faz com que a escolha dos meios seja inevitável e esses estão além da esperança de serem mudados a não ser que o objetivo seja mudado. E então os meios são escolhidos mais uma vez, na medida em que o que vai trazer o regozijo é definido de outro modo e buscado de maneira diferente.(UCEM-T-25.IV.1:5-8)

 

A meta, ou o objetivo, é o que vamos conseguir, sempre. Porque é o que buscamos. A forma que esse objetivo apresenta, não importa.

Isso quer dizer que se não pararmos para perceber se estamos querendo a paz ou a guerra, a inocência ou a culpa, a igualdade e o direito ou a diferença e a comparação, vamos caminhar sempre sem entender porque as coisas não acontecem como esperávamos...

Buscar a paz de Deus pode ser visto como um exercício de perguntar a nós mesmos se o que estamos lutando para conseguir nos levará a ela. Mas isso não quer dizer que esta pergunta deva ser feita ao objeto em si, ou seja, não ao desejo em sua forma, mas ao que ele representa.

Nossos desejos por algo que não temos “provam” que não somos completos, portanto, que estamos separados de Deus. Não há nada de errado em tê-los, menos ainda em consegui-los, porque não é do objeto que estamos falando. Quando lembramos, mesmo que esqueçamos em seguida para lembrar novamente, que a paz de Deus é a meta, os desejos vão perdendo o status de “necessidade”, e quando deixam de ser uma necessidade, perdem o poder imaginário que lhe damos de tirar nossa paz.

O caminho agora escolhido é em direção à paz. E os meios estarão em acordo com essa escolha.

Grupo Mera

 

Os passos do perdão
NOVA SEÇÃO DÚVIDAS E DICAS

Comentários

 
Nenhum comentário ainda
Already Registered? Login Here
Guest
Quarta, 24 Fevereiro 2021
Powered by EasyBlog for Joomla!