Os depoimentos desta seção são de alunos que já cursaram um ou mais módulos do Grupo Mera, ou participaram de um de nossos workshops.
Alguns desses depoimentos não têm identificação porque possuem particularidades dos seus autores. No entanto, não acreditamos que invalide o testemunho dessas pessoas que gentilmente se dispuseram a contar suas experiências com o aprendizado do Um Curso Em Milagres.
Nossa intenção (Grupo Mera e alunos) em apresentar esses depoimentos é incentivar o estudo do Curso.

Falar sobre como o UCEM influenciou e transformou a minha vida parece com contar uma história de ficção. Antes do UCEM, minha vida era incrivelmente difícil, sofrida, lotada de sacrifícios, de não merecimentos, de opositores e inimigos do lado de fora, me sentia vítima do mundo e completamente limitada. E nada dava certo, profissional, afetivo e familiar. E olha que eu tive uma vida com poucos percalços e teoricamente bem tranquila... Mas, no meu pensamento, o sofrimento era enorme.



A vida toda nós somos treinados para ser ansiosos, buscar sempre mais, correr e sem saber para aonde!! Essa ansiedade trazia duas situações para mim: ou o meu pensamento estava no passado, me culpando do que não deu certo, ou no futuro, morrendo de medo de estar fazendo errado.



Muitas religiões e seitas ensinam o mesmo ponto: que somos filhos perfeitos de Deus, e que nossa condição natural é estar em paz internamente, sem medos e sem culpa, seja do passado, do presente e do futuro. O que diferencia o UCEM é que ele ensina o caminho para compreender e incorporar todos esses pensamentos por exercícios, afinal treinamos a vida toda para ser o oposto. Depois de algum tempo da prática desses exercícios, entendemos por completo que somos todos um, que ninguém é mais, nem menos do que o outro, que não somos vítimas de nada, que tudo que acontece são só reflexos dos nossos medos, que somos nós que traçamos todas as coisas que acontecem, e que no fundo elas nem acontecem, são só ilusões. Foi indescritível descobrir que as limitações que eu achava que tinha eram frutos apenas de medos e culpas infundadas, o limite só está no nosso próprio pensamento! Pode parecer maluco tudo isso, mas hoje para mim, não tem qualquer sentido pensar de outra forma. A grande diferença do UCEM é entender e incorporar todos esses pensamentos na sua totalidade e, a partir disso, os pensamentos mudam e consequentemente tudo muda. O bem estar vai aumentando, cada vez mais ficamos em paz por mais tempo e passamos a nos sentir realmente como filhos de Deus, ou qualquer nome que tenha.



Sem ter qualquer noção dessas idéias e algum treino, ler o UCEM parece ser como ler uma tese muito profunda de uma área que não temos qualquer conhecimento. E aqui, o Grupo Mera é fundamental. Com os módulos ministrados pelo Mera, o entendimento do UCEM fica muito mais prático, rápido e fácil. Esses módulos são excepcionais em fazer com que o caminho para chegar à paz interior, que é tudo que importa, seja mais curto, muito mais curto!!! E mais, você passa a ter com quem falar a mesma língua e ter certeza que não há nada de louco nessa nova vivência.



O Mera e o UCEM me permitiram enxergar que não são necessários sacrifícios, que não tenho nada com que me preocupar, que não sou vítima de ninguém e nem de nada, que se olhar e entender os meus medos eles somem como fumaça no ar e que tenho apenas que cuidar de mim mesma. Como somos todos um só, se eu cuidar de mim, estarei cuidando de tudo que penso que exista.



É uma oportunidade ímpar ter acesso ao UCEM e poder entendê-lo pela facilitação do Mera, tente porque vale a pena ficar em paz!!!
 
Data de Postagem: 13 Abril 2010
Postado Por: Wignez Henrique - Engenheira Agrônoma
Depois do Curso, a solução para todos os meus problemas ficou e fica MILAGROSAMENTE mais fácil. Simples assim. Está em minhas mãos, ou melhor, em minha mente.
 
Data de Postagem: 12 Abril 2010
Postado Por: Rosane Viana - Designer Gráfica
Há dois anos tive uma crise nervosa com diagnóstico entre Síndrome do Pânico e Síndrome Bipolar com tratamento baseado em remédios fortíssimos. Eu possuía acúmulo de informações porque frequentei inúmeros cursos de auto-ajuda, cursos de curas esotéricas e grupos de estudos místicos. Tudo isso fez uma enorme confusão na minha cabeça: eu não conseguia dormir e, sem um referencial coerente e seguro para sair dessa confusão mental, não tinha paz. Como não tinha condições de acompanhar a turma do módulo 1 do Curso Mera, a profissional facilitadora do Curso fez um trabalho comigo que durou quatro meses para desinformação. Isso 'desocupou' minha mente da confusão causada pelo excesso de informações e estímulos. Após esse período, comecei o citado curso que me ajudou muito na organização das idéias e também a entender que tudo está na mente, que é preciso aprender olhar para o mundo, para as pessoas e, principalmente, para mim mesma, com mais aceitação. Hoje eu sei: que o treino tem que ser diário, que tudo é um aprendizado. Tenho conseguido olhar para as minhas emoções de um jeito mais tranqüilo e sem medos. Hoje eu sinto paz e isso é cada vez mais constante.
 
Data de Postagem: 27 Fevereiro 2010
Postado Por: D. M. S. L. - Artesã
Escrevi minha trajetória à facilitadora Maria Amélia e disponibilizo aqui como meu depoimento sobre ter conhecido o Um Curso Em Milagres através do Grupo Mera.



Ouvi dizer que havia um menino muito triste, que se achava culpado de tudo sem saber o porquê. Era constantemente humilhado na escola, sofrendo agressões físicas com freqüência. Até as vacas o atacavam. Quando chegava em casa era ameaçado pelo pai, por ser um merda, e coberto de medo pela mãe. Ele tinha ódio daqueles que o agrediam de forma gratuita, mas nunca teve a coragem de se defender.



Ele cresceu e os ataques continuaram, mudando apenas a forma em que os mesmos se apresentavam. Parece-me, segundo informações, que aquele menino procurou suprir seu “defeito de fabricação”, e consequentemente ser aceito, através da busca da perfeição na escola e em nunca dizer não a ninguém. Fiquei sabendo que o menino se formou e conseguiu um bom emprego e se casou com a mulher mais bonita da cidade vizinha, mas, parece-me que ele, ao conseguir tais coisas, só estava tentando mostrar que tinha valor, pouco se importando com o que ele realmente sentia.



Hoje o menino não é mais menino. Está tomando consciência que escolheu cada situação e personagem da sua vida/sonho. A imensa culpa projetada sobre si mesmo sempre exigiu punição severa. Ele nunca se achou merecedor de amor, só de dor. Sempre teve atração por pessoas que o maltratavam. No trabalho, não foi diferente. Eu não queria estar no sonho dele!



Mas, como gosto de finais felizes, ouvi dizer que o menino está acordando do pesadelo. Algo dentro dele está mudando. Está começando a ver de modo diferente. Já não há tanta dor, por saber que realmente nada aconteceu e que o filme só mostrou o seu interior. Percebeu que poderia sentir paz e alegria ao desistir da culpa e sair do papel de vítima, perdoando a si mesmo, como também suas projeções, por tudo o que não aconteceu efetivamente, mas agradecendo a todos por figurarem em seu filme para mostrar-lhe a sujeira que o menino guardava em seu interior.



Parece-me que algumas coisas pioraram quando o menino começou a ter essas estranhas idéias, inclusive teve um forte processo gripal nesta semana, coisa que há muito tempo não acontecia. Talvez seja coincidência. Mas, por outro lado, o menino tem tido momentos de paz e alegria nunca antes conhecidas. O processo de desapego é nítido. Ele não sabe nada e não faz questão de saber nada, só quer experimentar, sentir e ver o que antes não via. Sente que não está sozinho, confia numa força que está nele, mas não é dele, pelo menos não como um 'ser separado'. Ele não tem a mínima idéia do tempo que demanda o processo, sabe que está bem no inicio, que quedas vão ocorrer, mas isso pouco importa a ele, que tem fé crescente que caminha na direção do Deus que brilha no âmago do seu SER.



Obrigado, amor do meu “Despertar”.
 
Data de Postagem: 27 Fevereiro 2010
Postado Por: C. A. D. - Engenheiro
Como perdi meus entes queridos ainda quando muito pequena, entendi que perdi juntamente minha casa e meu espaço no mundo. Cresci com a mentalidade de que o mundo pertencia a todos, menos a mim. Então, surgiram as misérias nos relacionamentos e a carência sempre rondou meu coração. Com muitos medos, deixei-me levar pela crença em todas as faltas (escassez).



Questionando-me sobre o quê significou o Curso Mera com os ensinamentos do Um Curso Em Milagres, resumi esse significado em três palavras: amplitude,extensão e gratidão. Amplitude, porque minha visão foi sendo levada à consciência de igualdade perante aos demais. Senti-me incluída nas mesmas leis às quais todos estamos sujeitos, saindo, assim, da condição de vítima com uma rotina cheia de medos. Foi um trabalho árduo, ainda o é, mas é possível e o resultado de liberdade não tem preço. Defino extensão como sendo acreditar na nossa capacidade de co-criação do nosso destino, do hoje e do amanhã. Nosso porque é igual e universal: é para mim, para você e para todos.



Hoje, meu regresso à paz é muito rápido. Diante de situações difíceis, deixei de reviver o passado com lamúrias e tristezas. Sou mais livre, mais leve, consciente de que as experiências de aprendizado fazem parte da vida e não há motivos para autocondenação e culpas. Não fico mais no chão, sei que tenho meu espaço no mundo, no coração dos amigos e sei, cada vez mais, que sou amada por Deus.



Aqui estendo minha gratidão ao curso, à facilitadora, a mim e a todos os que estão nesse caminho. Sou grata ao olhar para trás e ver o quanto caminhei, tendo hoje transformado muitos dos meus medos em amor, e grata também às práticas dos exercícios que têm me ajudado transformando e redirecionando a minha vida.
 
Data de Postagem: 27 Fevereiro 2010
Postado Por: Maria de Lourdes Formici - Cabeleireira

<< Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Fim >>

Página 9 de 10